quarta-feira, 13 de julho de 2011

Tempo de Leitura... Torey Hayden - uma referência!

«A cada página revela-se-nos de novo o poder do amor e a resiliência da vida.»
Los Angeles Times

Victoria Lynn Hayden, mais conhecida pelo nome literário Torey Hayden, nasceu em Livingston, no estado norte-americano de Montana, em 1951. Hoje, vive em North Wales, no Reino Unido.
No primeiro ano da faculdade ofereceu-se como voluntária num programa para estudar crianças em idade pré-escolar com distúrbios e dificuldades. Fez um mestrado na área de educação especial, na Montana State University, em 1975, e em 1979 entrou num programa de doutoramento em Psicologia Educacional e Educação Especial na Universidade de Minesota. Trabalhou como auxiliar para alunos com necessidades especiais, como professora dessas mesmas crianças e também como professora do ensino normal. 
Depois da experiência com Sheila, uma rapariga difícil e violenta que aos 6 anos foi sua aluna numa turma de ensino especial, decidiu escrever o seu primeiro livro, A Criança Que Não Queria Falar, que até hoje já vendeu mais de 8 500 000 exemplares só no Reino Unido. Tem nove livros publicados em Portugal pela Presença. O primeiro, A Criança Que Não Queria Falar, foi publicado em 2007 e esteve quase três meses no top das livrarias. 
Na colecção «Grandes Narrativas» da presença poderemos encontrar as seguintes obras:
  • A Criança Que não Queria Falar 2007;
  • A Menina Que nunca Chorava 2007;
  • Os Filhos do Afecto 2007;
  • Uma Criança em Perigo 2008;
  • Filhos do Abandono 2008;
  • A Força dos Afectos 2008;
  • A Prisão do Silêncio 2009;
  • A Luz de Um Novo Dia 2010;
  • Vozes Silenciosas 2011 (as datas indicadas são do lançamento em Portugal).


Agora que o trabalho abrandou voltei a ter tempo e disposição para a leitura. Esta semana agarrei num livro que andava há mais de um mês a pairar na minha mesa de cabeceira e que quero muito ler - Vozes Silenciosas.
Podem-me perguntar a razão de não o ter começado a ler mais cedo?! E eu respondo prontamente. Quando agarro num livro de Torey Hayden entro na história e quero sempre ler mais e mais, não queria por isso correr o risco de não ter tempo para lê-lo. 

Este é o nono livro que leio e sem dúvida que recomendo todos eles, sem excepção. 

Torey tem uma capacidade extraordinária de contar as suas experiências, as suas histórias... É fantástica!

Penso que todos devíamos ler estes livros para nos apercebermos que nem todas as crianças têm a possibilidade de sonhar e que existem pessoas maravilhosas que tentam dar amor e afecto no curto período de tempo que partilham com elas. 
Vale sempre a pena amar e entregar-nos a uma criança, mesmo que saibamos que - à semelhança da raposa e do Principezinho - depois de a cativar somos responsáveis por ela e na separação ambas sofreremos...!


2 comentários:

  1. eu ja li a criança que nao queria falar e adorei

    ResponderEliminar
  2. Aconselho todos sem exceção! :) Boas Leituras

    ResponderEliminar